tatiana nascimento

TATIANA NASCIMENTO, brasiliense, 37 anos, é palavreira: cantora, compositora, poeta, tradutora, zineira, blogueira, editora, pesquisadora em literaturas da diáspora negra sexual-dissidente.

é doutora em Estudos da Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); Licenciada em Letras – Português pela Universidade de Brasília (UnB); professora voluntária na UnB; editora-co-fundadora da padê editorial, que publicou desde sua fundação, em 2016, mais de 35 títulos de autoras negras e/ou lésbicas em livros artesanais; é idealizadora e realizadora da Semilla – Feyra de Publicadoras; Co-fundadora e realizadora da Palavra Preta – Mostra Nacional de Negras Autoras; idealizadora da Quanta! Mostra de Artistas LBTs do DF; integrante do Coletivo de Escritorxs da Literatura LGBT do DF; idealizadora, co-fundadora, realizadora do primeiro Slam das Minas nacional (o de brasília/DF!); criadora do portal www.literatura.lgbt

publicou “lundu,“, seu primeiro livro, y de poemas, pela padê em 2016. “mil994” em 2018. em 2019, se o apocalipse político não sabotar, vai lançar “um ebó de boca y otros [silêncios]” pela martelo casa editorial (GO), está gravando seu primeiro disco solo autoral (“brio breu”), e pretende publicar também seu primeiro romance – completo, dessa vez.

site: www.pade.lgbt/tatiana
youtube.com/c/tatiananascimento
IG / FB: @tatiananascimentocanta
youtube.com/c/tatiananascimento
blog: www.palavrapreta.wordpress.com

baixe o lundu, aqui:

https://palavrapreta.files.wordpress.com/2017/12/lundu_tatiananascimento_2ed.pdf

o retrato dela é de janine moraes