Bárbara Santos

Socióloga formada pela Universidade Federal Fluminense (UFF), Bárbara Santos nasceu em 1963 e é uma mulher negra com experiência internacional, somando 28 anos de experiência ininterrupta com o método, tanto no Brasil como em outros 40 países dos cinco continentes.

Trabalhou por duas décadas com Augusto Boal e foi também a primeira mulher negra a publicar um livro teórico sobre Teatro do Oprimido, que foi lançado em português, tanto no Brasil como em Portugal, e também em espanhol na Espanha, na Argentina e no Uruguai.

Bárbara Santos lança obra inspirada em trabalho com Augusto Boal (foto: Arquivo Pessoal)

Além disso, Bárbara é diretora de KURINGA, espaço para o Teatro do Oprimido em Berlim, do grupo Madalena-Berlin e de Companhia Teatral Together Internactional – cooperação entre organizações de sete países europeus.

Difusora do Teatro das Oprimidas, inovadora experiência estética sobre opressões enfrentadas por mulheres, é diretora artística da Rede Ma(g)dalena Internacional, formada por grupos feministas da Europa, África e América Latina.  Bárbara também é fundadora e diretora artística de uma rede de mulheres negras fazendo teatro com engajamento político.

Conheça mais